26.9.16

Discos de algodão reutilizáveis

E ai minha gente, tudo bem com vocês? 
Hoje o assunto vem ligado na sustentabilidade e no ecologicamente correto. 
No fim de semana que passou uma amiga compartilhou nas suas redes sociais um post do blog Um ano sem lixo, onde a Crystal fala sobre sua experiência de não mais produzir lixo, e nessa publicação ela falava justamente de como fazer para substituir aqueles disquinhos de algodão que muito usamos para tirar maquiagem e limpar a pele.
A solução dela foi bem simples, fazer discos reutilizáveis em crochê, com um fio 100% algodão. Algo que eu nunca tinha pensado a respeito, mas que realmente é muito interessante, então claro, resolvi fazer para testar e trazer o resultado aqui pra vocês.

Pelo que vi na imagem do post da Crystal, o disco dela é todo em pontos baixos, mas como o fio que eu tenho aqui é um pouquinho mais grosso, fiz com pontos baixos e altos para que ele não ficasse duro, se você tiver aí um fio mais macio pode fazer tudo com pontos baixos, só seguindo os aumentos.

Comecei com uma correntinha, com 4 pontos que uni fazendo um círculo (se você souber fazer o círculo mágico pode ser com ele também), depois a partir do meio desse círculo formado fiz 6 pontos baixos, como você pode ver na foto abaixo.


Usei uma agulha 6, para que os pontos não ficassem apertadinhos. Depois disso fiz uma carreira de pontos altos, dois para cada um desses 6 iniciais, assim no final eu fiquei com um círculo de 12 pontos.


Depois de feita essa carreira com aumentos, a última é só para deixar o disco com um tamanho um pouquinho maior e um acabamento mais certinho, mas se você quiser pode parar nessa carreira e finalizar escondendo o restinho de fio entre os pontos, como eu queria deixar maiorzinha fiz mais uma carreira, dessa vez só com pontos baixos, dois para cada ponto anterior, terminando o disquinho com 24pontos, dessa forma.


Já sei que vocês vão querer saber se fica muito duro ou áspero, a resposta é não, mas também não fica igual um algodão. Na verdade ele fica macio mas você sente as "calosidades" do crochê no momento de passar na pele, não é nada que incomode, nem esfolia, nem machuca, mas também não dá para ficar esfregando várias vezes.
Me arrisco até em dizer que essas "calosidades" ajudam na hora de remover maquiagem, principalmente na área dos olhos.

A única coisinha que eu indico fazer é ter mais de um disco disponível, assim quando você usar um, lave com água e sabão de côco (ou até com o sabonete para o rosto mesmo, aquele para retirar make, se você tiver) e deixe secar, tendo mais de um, enquanto um seca você pode usar o outro, mas sempre lavando a cada uso, pois o acúmulo de resíduos da make pode acabar servindo como meio para crescimento de fungos e não é isso o que queremos no nosso disquinho.

Vi em alguns lugares também esses discos feitos com tecido de flanela, costuradinho duplo, acho que pode ficar bem interessante, mas esse ainda não tive tempo de fazer , quando fizer atualizo aqui o post pra vocês. ;)

Espero que tenham gostado, quem sabe vocês também tentam fazer aí é me digam o que acharam da ideia.
Se gostou compartilhe com seus amigos, deixe um comentário.
Se quiser pode também curtir a minha página no face (Débora Carvalho) e ficar por dentro de tudo o que rola por aqui e muito mais.